SUBSTITUIÇÃO DO ÓLEO ISOLANTE

Drenagem do óleo oxidado.
Enchimento parcial com 10% do volume de óleo e circulação a quente para limpeza e descontaminação das partes internas.
Drenagem do óleo e lavagem do núcleo.
Enchimento final e recondicionamento do óleo mineral isolante em circuito fechado através de unidade Termo-Vácuo de alta eficiência, fim de filtração, desgaseificação e desumidificação.
Retirada de amostras para análises físico-química e cromatográfica.
Ensaio da rigidez dielétrica do óleo isolante em campo.
Medições elétricas finais.
 
Sugere-se a intervenção de substituição do óleo quanto a causa de:
Índice de neutralização (Acidez).
Tensão interfacial.
Fator de potência.
Presença de acetileno.
Cor.

Para maiores informações entre em contato conosco.